/ Gestão

O que é Power BI e quais as vantagens de usar essa ferramenta

Se sua empresa ainda não faz uso efetivo da Business Intelligence, já passou da hora de você saber o que é Power BI e quais vantagens essa ferramenta proporciona.

Desenvolvido pela Microsoft, o Power BI é um recurso de análise do negócio que permite ao empreendedor ter insights a partir dos dados, tomando decisões rápidas e assertivas.

Isso porque os dados de uma empresa sozinhos não dizem muita coisa para quem a administra. É necessário ter ferramentas que auxiliem a interpretá-los para, de fato, entender o contexto e o andamento das operações.

Estamos falando de BI, sigla de Business Intelligence (Inteligência de Negócios).

Ela consiste em um conjunto de teorias, ferramentas, metodologias, tecnologias, processos e estratégias que transformam uma grande quantidade de dados em informações consistentes e relevantes para a gestão.

Isso permite que seja feita a melhor interpretação desses dados, o que dá suporte às tomadas de decisões estratégicas ao negócio, além de possibilitar o monitoramento dos resultados da organização.

Fazendo uso de um BI no processo de gestão, há ainda a possibilidade de identificar lacunas, oportunidades de melhoria e riscos que podem ser mitigados com essa identificação prévia.

Foi para auxiliar, de forma efetiva, o processo de BI nas empresas que a Microsoft lançou o Power BI. Portanto, neste texto, você conhecerá:

  • O que é Power BI;
  • Quais as vantagens dessa ferramenta;
  • Quais os benefícios de utilizá-la integrada a um software de suporte ao cliente.

Continue a leitura e se aprofunde nesse tema!

O que é Power BI?

Qualquer empresa, independentemente do porte, gera dados – e muitos. É claro que o volume aumenta conforme a organização se amplia, o que demanda um controle cada vez maior desses dados.

São informações sobre o público-alvo, formas de consumo do produto/serviço, indicadores de desempenho de mercado, nível de satisfação dos clientes – isso para citar apenas alguns.

Se pensarmos por áreas, como de atendimento ao cliente, temos diversas métricas que podem ser empregadas e que geram dados valiosos para a empresa quando bem interpretados.

Mas no que consiste essa interpretação? É pensar: o que esses dados dizem sobre o negócio? Quais decisões devem ser tomadas a partir dessas informações? Quais problemas existem? Quais os pontos de melhoria?

A automação surge nesse cenário como uma forte aliada não apenas para o agrupamento desses dados, mas para que eles sejam reunidos de forma efetiva, que realmente passe informações valiosas para apoiar os gestores nas tomadas de decisão.

É por isso que o Power BI é uma ferramenta importante nesse processo. Trata-se de um conjunto de serviços de softwares, conectores e aplicativos que trabalham de forma conjunta.

Eles conseguem transformar as fontes de dados da empresa que não são relacionadas em informações coerentes, ou seja, que façam sentido para os gestores e indiquem questões relevantes.

As informações geradas pelo Power BI são ainda visualmente envolventes e interativas. Isso significa que os gráficos são customizáveis pelo usuário, potencializando a experiência dele (UX).

Isso se dá por funcionalidades,além do fácil redimensionamento das informações que são simples para quem está acostumado com outros produtos Microsoft.

Os dados utilizados pelo Power BI podem ser visualizados por várias dimensões e atributos, como data e hora, e podem estar localizados:

  • Em uma planilha do Excel alimentada por integrantes da empresa;
  • Em suportes baseados na nuvem;
  • Em coleções de data warehouses;
  • Banco de Dados Conectados diretamente ao Serviço;
  • Serviços de Análise de dados Públicos e Pagos (Dados de Consumidor, População e etc.)

O que o Power BI faz então? Ele capta os dados dessas diversas fontes, combina-os e entrega mensagens (como gráficos) que dizem muito sobre o negócio, pois têm coerência e se baseiam em diversas fontes.

Mas como isso é possível? A ferramenta consegue reunir, de forma inteligente, esses dados, pois usa algoritmos de compactação para importar e armazenar os dados em arquivos .PBIX.

201917Jun_deskmanager-cta-blog

O Power BI consiste em quatro elementos:

  1. Aplicativo desktop do Windows, o Power BI Desktop;
  2. Serviços SaaS (Software as a Service) on-line, serviço do Power BI;
  3. Aplicativos móveis disponíveis para Windows, Android e iOS;
  4. Servidor de Relatórios do Power BI, que permite que sejam publicados relatórios criados no Power BI Desktop em um servidor de relatórios local.

As fontes de dados são conectadas e é criado um relatório no Power BI Desktop. Esse relatório é publicado no serviço do Power BI e compartilhado para que os usuários finais que trabalham com esse serviço ou nos dispositivos móveis consigam exibir e interagir com o documento.

Agora que você já sabe o que é Power BI e como ele funciona, deve estar se perguntando quais as vantagens desse recurso. Conheça-as a seguir.

Quais as vantagens de usar essa ferramenta?

Como o Power BI não deixa de ser uma ferramenta de automação empresarial, uma primeira vantagem desse recurso é o ganho em tempo de todos os que farão uso dele.

Pense em um cenário em que um gestor, além de preencher planilhas do Excel, precisa visualizar todas as linhas e colunas para entender o que está acontecendo com o negócio e daí tirar conclusões.

Essas planilhas não costumam ser pequenas, o que aumenta muito o tempo que é gasto com essa interpretação.

Ao ter disponível um software que não só utiliza esses dados, como promove o cruzamento com outros e entrega informações relevantes, o trabalho de análise da gestão fica otimizado.

Isso se reflete em um gasto menor de tempo, que pode ser voltado para outras tarefas relevantes do dia a dia e que sejam estratégicas para o negócio.

Outras vantagens do Power BI são:

  • Incentivo à colaboração, já que os relatórios são interativos;
  • Conteúdo baseado em nuvem, o que faz com que qualquer pessoa autorizada visualize e analise os dados com rapidez e eficiência – o que aumenta a produtividade;
  • Tomadas de decisão baseadas em fatos, por meio de dados de origens diversas;
  • Ganho em posicionamento estratégico;
  • Visão 360º do negócio em um painel;
  • Dashboards personalizados;
  • Funcionamento em todos os principais sistemas operacionais;
  • Fácil compartilhamento de relatórios e painéis;
  • Transformação de dados em visuais que impressionam;
  • Acesso a respostas rápidas por meio da combinação de dados;
  • Visualização das informações por diversos atributos e em uma única exibição;
  • Monitoramento dos dados ao vivo a partir de qualquer dispositivo;
  • Configuração de alertas móveis para o smartphone quando algum dado for alterado.

Além dessas vantagens, há ainda uma de destaque: a integração com softwares de atendimento ao cliente.

O Power BI e o atendimento ao cliente

Como vimos anteriormente, uma das funcionalidades do Power BI permite que os relatórios desenvolvidos nele sejam publicados em um servidor de relatórios local.

Isso é extremamente relevante quando uma empresa faz uso de um ERP, ou seja, um software de gestão empresarial.

O Desk Manager, por exemplo, é um sistema de Help Desk que organiza, separa e finaliza os atendimentos de forma rápida.

Trata-se de um sistema pelo qual os usuários entram em contato com o intuito de solucionar problemas relacionados à TI ou ao negócio, quando falamos de um CSC "Central de Serviço Compartilhada".

Ou seja, os clientes contatam a empresa para resolver algum incidente ou problema que estão tendo com o produto/serviço oferecido e precisam de respostas rápidas e solucionadoras.

Quando uma empresa conta com um sistema assim, ela consegue gerenciar melhor incidentes, identificar pontos de melhoria, cumprir o SLA de atendimento, entre outros, tudo isso impactando a satisfação do cliente com o negócio.

Imagine então utilizar o Power BI para transformar dados do negócio em informações visuais valiosas e incluir esses relatórios em um software de gestão!

Essa integração com certeza impactará a forma como os gestores visualizarão os dados de atendimento ao cliente, a performance dos analistas, os principais problemas que são solucionados e, consequentemente, precisam de atenção etc.

Assim, usando o sistema Help Desk e o Power BI, será possível mapear os dados relevantes do atendimento ao cliente e, consequentemente, implementar as melhorias necessárias, que provavelmente se traduzirão em ganhos para o negócio.

Agora que você já conhece o que é Power BI e as vantagens de usar esse recurso, não perca tempo e integre-o agora mesmo a um excelente sistema de atendimento ao cliente. Clique aqui para testar o Desk Manager gratuitamente.

CTA-DM-2-6

Fabio Teles

Fabio Teles

Faz parte da equipe de Gestão e Serviços na Desk Manager Software. Tem 10 anos de experiência com TI em suas mais variadas formas. Especialista em ITIL, CobIT, ITSM, Analise e Gestão de Insights

Leia Mais