A figura do Chief Information Office (CIO) tem ganhado bastante destaque, conforme a tecnologia começa a permear cada vez mais processos de negócios, mas muita gente ainda não sabe o que é CIO, confundindo-o frequentemente com outras siglas como o CEO (Chief Executive Officer).

Basicamente, o CIO é o responsável pelo setor de Tecnologia da Informação (TI) de uma empresa, assumindo um papel de apoio ao negócio para se tornar uma peça-chave no posicionamento estratégico da organização.

Se você deseja saber mais sobre essa posição, continue a leitura. Vamos explicar o que é CIO, a sua importância e modo de atuação. Confira!

O que é CIO?

Como adiantamos, o CIO cuida do funcionamento dos sistemas relacionados à área de TI, sendo o executivo mais experiente do ramo dentro da empresa.

À medida que a tecnologia se torna o pilar da inovação e o instrumento que permite que as empresas se adaptem às mudanças de mercado, o CIO passa a ter ainda mais oportunidades, tendo um papel consultivo junto ao CEO para indicar estratégias de negócios que permitam que a empresa cresça com o uso da tecnologia.

Desse modo, ele realiza a ponte entre a direção do negócio e a equipe de colaboradores no setor de informática.

Esse profissional se reporta aos demais chefes da organização, como o CFO (Chief Financial Officer), CEO e COO (Chief Operation Officer), formando o comitê executivo da empresa.

Para entender o que é CIO, você ainda precisa estar atento a outro profissional que costuma ser confundido com ele.

Ainda que, pela grafia, o CIO seja mais parecido com o CEO, existem pessoas que não sabem diferenciá-lo do CTO (Chief Technology Officer).

Esse último está relacionado ao cliente externo, enquanto o CIO é mais voltado para o uso interno da empresa, criando políticas e processos com o objetivo de otimizar a gestão do negócio.

Isso significa que, além de ser uma pessoa com um conhecimento em informática bem avançado, ele precisa ter o domínio em estratégia e liderança.

Como o CIO atua?

Agora que você já sabe o que é CIO, precisa descobrir quais são as suas atribuições.

Sendo o responsável em relação a toda administração de recursos, pessoal e estruturas do TI, o CIO deve garantir que os projetos sejam cumpridos dentro do prazo e de acordo com o orçamento disponível.

Nesse sentido, o profissional precisa alinhar as metas da diretoria e a aplicação da tecnologia na resolução de problemas e no crescimento do negócio.

Com isso, o CIO tem como atribuições a supervisão e implementação dos seguintes itens:

  • produtos de TI, entre eles, hardwares e softwares;
  • processamento e armazenamento de dados;
  • desenvolvimento de políticas de uso de dados;
  • criação de métricas e apuração dos resultados de performance;
  • manutenção técnica;
  • desenvolvimento de sistemas para apoio ao negócio;
  • padronização a fim de integrar todos os processos da organização, incluindo as redes de comunicação.

Outro ponto que merece destaque está relacionado à política de segurança da informação e sua constante atualização, que precisa estar sempre na pauta do CIO. Aliás, é ele o responsável por destacar a importância disso ao CEO e à alta administração.

Da mesma forma, a ele compete discutir as políticas de acesso externo a dados corporativos, bem como o uso de equipamentos dos próprios colaboradores (como smartphones, por exemplo).

Essas tendências não só não podem ser ignoradas pelo CIO como devem ser objeto de constante estudo e análise.

Afinal, os ativos de informação hoje em dia são quase tão valiosos a uma organização quanto seus ativos físicos.

Outros assuntos que se tornam cada vez mais centrais ao CIO incluem o posicionamento da empresa quanto à computação em nuvem, presente e futuro.

A organização precisa ter uma estratégia de dados consolidada, que inclusive tenha como foco a avaliação da relação com os clientes a partir desses dados.

Além disso, um dos aspectos que mais representa uma oportunidade aos CIOs está no recrutamento de novos talentos.

O ambiente tecnológico das empresas tem um papel cada vez mais importante em sua capacidade de captar e reter talentos – e o CIO não pode estar alheio a esse fato.

Compete a ele, portanto, auxiliar a construir esse ambiente favorável, pois, afinal, quem melhor poderia fazer isso?

Qual é a importância do CIO nas empresas?

O CIO tem papel fundamental nas empresas por diversos motivos. Como podemos ver, por meio da ligação entre a alta gestão e as equipe de TI, é possível entender o que o CEO espera, inclusive em relação aos resultados desejados em determinado período.

Com isso, a ideia é passada para os colaboradores, de forma que eles tomem ações em busca das metas estipuladas.

Assim, reduzem-se as falhas em relação a ruídos na comunicação, que podem prejudicar gravemente os objetivos do seu negócio.

Falando nisso, a padronização das rotinas estipulada pelo CIO favorece a integração de todos os departamentos da empresa, o que colabora para o aumento da eficiência, bem como elaboração de modelos uniformes relacionados ao acompanhamento dos indicadores de desempenho e avaliação de resultados.

Além disso, com a administração de recursos proporcionada pelo CIO, incluindo infraestrutura, pessoal e ferramentas, os custos podem ser reduzidos ao mesmo tempo em que as tarefas são realizadas em tempo hábil e com o máximo de eficiência.

201917Jun_deskmanager-cta-blog

Não podemos esquecer que o papel do CIO nas organizações também inclui a elevação do potencial da TI. Isso significa que a empresa consegue aproveitar bem a disponibilidade desse setor em busca do alcance de resultados.

Afinal, a tecnologia é capaz de ter um papel estratégico e indicar como as soluções podem ser aplicadas focando no aprimoramento dos resultados.

Desse modo, após saber o que é CIO, foi possível perceber que esse profissional é fundamental nas organizações, principalmente em relação à parte estratégica da organização.

Isso porque, sendo o responsável por fornecer maior eficiência para as equipes de TI, ele consegue otimizar o potencial das tecnologias disponíveis e utilizar menor quantidade de recursos, garantindo que os resultados desejados sejam alcançados.

Logo, o papel de um CIO tem se transformado conforme a tecnologia começa a assumir uma função mais incisiva e cada vez mais inter-relacionada ao negócio das empresas.

Agora que você já sabe o que é CIO, que tal aprender mais sobre o mundo dos negócios e entender como gerenciar as equipes de suporte? Para isso, confira o nosso e-book gratuito sobre o assunto.

CTA-DM-3-1