Inbound marketing: a melhor estratégia para o seu negócio
Marketing

Inbound marketing: a melhor estratégia para o seu negócio

Bruno Sancar
Bruno Sancar

Tabela de conteúdos

Já pensou ter clientes indo atrás da sua empresa ao invés de você ir atrás deles? Acredite, com o inbound marketing, essa é uma realidade possível!

Também conhecido como marketing de atração, o inbound é hoje uma das mais poderosas vertentes do marketing digital. E é sobre ela que falaremos a seguir!

Continue sua leitura para descobrir o que é inbound marketing e como essa estratégia pode potencializar seus resultados comerciais e, o melhor, atraindo e conquistando potenciais clientes de forma livre.

Vamos lá!

O que é inbound marketing?

O inbound marketing ou marketing de atração é uma estratégia que consiste na atração de potenciais clientes de uma marca por meio da produção de conteúdo.

Assim, diferente do marketing invasivo, que gera interrupções no dia a dia dos consumidores por meio das propagandas, o inbound faz uso de uma linguagem adequada ao público-alvo da marca e da produção de conteúdo de valor para fazer os potenciais clientes se interessarem por seus produtos e serviços.

Utilizando a produção e distribuição de conteúdos como a base de sua ação, o marketing de atração funciona de uma maneira mais específica, pois direciona toda sua produção exatamente para a persona do negócio, buscando atrair as pessoas certas.

Dessa forma, os consumidores chegam até a empresa atraídos por sua forma de se comunicar, e muitas vezes se identificam tanto com a marca que se tornam não apenas clientes, mas grandes defensores.

Funil de inbound marketing: entenda como funciona

O funil de inbound marketing possui quatro etapas principais pelas quais um potencial cliente irá passar até que se torne, de fato, um cliente. São elas:

  1. Atração (topo do funil);
  2. Conversão (meio do funil);
  3. Venda (fundo do funil);
  4. Encantamento.

Abaixo, vamos entender como funciona e o que é esperado acontecer em cada etapa.

Atrair

A primeira etapa do inbound marketing é a de atração, não à toa essa estratégia também é conhecida dessa forma.

Nessa etapa do funil, a empresa coloca em prática estratégias para atrair desconhecidos que poderiam ser clientes da marca. Ou seja, ela coloca em ação algumas estratégias que visam atrair um público qualificado.

E como isso acontece? Por meio do marketing de conteúdo, que no inbound marketing tem o objetivo de tornar meros desconhecidos em visitantes.

Para isso, a empresa passa a investir em canais de atração, como os blogs (trabalhando o SEO) e as redes sociais.

O foco é criar conteúdo de valor e direcionado ao público-alvo para atraí-los e levá-los para a próxima etapa.

Converter

Já a etapa de conversão acontece quando o potencial cliente se torna um lead e aprofunda o seu relacionamento com a marca. Ou seja, é o momento de transformar os visitantes mais frequentes em leads qualificados.

Um exemplo de conversão em inbound marketing pode ser o download de um material rico, em que o visitante deixa suas informações de contato em troca de um conteúdo mais aprofundado.

Nessa hora, ele se torna um contato da sua lista que integra o funil de vendas. A partir daí, esse lead será trabalhado para se tornar, de fato, um cliente.

Aplicativo Chamado

Vender

E prosseguindo no funil do inbound marketing, depois de se tornar um lead e ser educado pela marca até se tornar um contato super qualificado, chegamos a etapa da venda.

Nessa etapa, o contato com a empresa ultrapassa apenas os meios digitais e o conteúdo: é muito comum que a empresa acabe personalizando o atendimento para facilitar a conversão.

Em empresas que atuam sob o modelo B2B, por exemplo, nessa fase as reuniões e ligações telefônicas podem ser boas estratégias para aprofundar o relacionamento com o cliente e, de quebra, eliminar suas objeções.

Encantar

Por fim, após ter passado por toda a jornada de compra, o último objetivo do inbound marketing é transformar aquele cliente em um verdadeiro defensor da marca, um fã da empresa.

Assim, o foco passa a ser oferecer uma boa experiência e suporte para os clientes, fidelizando-os.

Aqui, claro, o conteúdo também se faz presente e é exatamente por meio dele que a empresa buscará manter o relacionamento com o cliente e torná-lo mais duradouro.

Como fazer uma boa estratégia de inbound marketing?

Agora que você sabe o que é inbound marketing e como funciona cada etapa dessa vertente, chegou a hora de descobrir alguns pilares importantes para criar uma boa estratégia de inbound.

1. Produção de conteúdo

Não dá para falar sobre como fazer uma boa estratégia de inbound marketing e deixar a produção de conteúdo de fora. Afinal, sem conteúdo não há inbound!

O segredo do sucesso do marketing de atração é justamente oferecer o conteúdo correto, para a pessoa certa, no momento ideal.

Para isso acontecer, no entanto, é preciso que uma produção estratégica de conteúdo seja uma realidade na rotina do marketing de uma empresa.

Afinal, é por meio desse conteúdo que o potencial cliente será atraído para o seu funil de vendas.

2. Presença digital

Estabelecer uma presença digital é outro passo indispensável para uma estratégia de inbound marketing que traz resultados.

Afinal, é por meio das redes sociais que o conteúdo produzido será distribuído, a autoridade da marca será bem trabalhada e a empresa poderá estabelecer diálogo e aprofundar relacionamento com sua base de contatos.

Dessa forma, é indispensável que sua empresa esteja ativa online para ter bons resultados com o marketing de atração.

3. Materiais ricos

A conversão é uma etapa muito importante no inbound marketing, e exatamente por isso não é possível criar uma estratégia de marketing de atração sem investir no desenvolvimento de materiais ricos.

Até porque são as famosas iscas digitais que irão fazer aquele cliente em potencial tornar-se um lead no funil de vendas da sua empresa e, finalmente, começar sua jornada de compra.

Assim, por meio de landing pages e oferecendo um material mais complexo, você consegue atrair apenas aqueles leads mais maduros, que estão prontos para integrar sua estratégia de inbound marketing.

4. Nutrição de leads

Por fim, algo que não pode faltar em uma boa estratégia de inbound marketing é a nutrição de leads.

Ou seja: depois que o lead foi atraído e se tornou um contato da sua empresa, ele precisa ser nutrido com informações e conteúdos de valor para que o relacionamento com sua marca permaneça aquecido.

Além disso, é por meio desse processo de nutrição que você irá conduzir o lead por todo o funil de vendas até que ele chegue, finalmente, à etapa da compra.

Depois disso, o trabalho continua com um pós-venda incrível para tornar aquele cliente um verdadeiro defensor da sua marca.

Ferramenta de Help Desk e Atendimento integrado com WhatsApp

E o outbound marketing, como funciona?

Agora que você sabe o que não pode faltar em uma estratégia de inbound marketing, é hora de conhecer outra vertente do marketing de conteúdo que pode agregar as ações da sua empresa.

Você já ouviu falar em outbound marketing? Enquanto o marketing de atração funciona como um ímã, atraindo potenciais clientes, o outbound é a busca ativa por esses contatos.

E ambos são muito importantes para potencializar os resultados da sua empresa. Por isso, se você não sabe como o outbound marketing funciona na prática, chegou a hora de descobrir.

Leia nosso artigo “Inbound e Outbound Marketing: entendendo a diferença” e descubra o que é, como funciona e qual a diferença do outbound para o inbound marketing.



Junte-se à conversa.