/ Gestão

Cluster: o que é e como essa estrutura pode ser benéfica para você

A cada dia temos novas possibilidades tecnológicas à nossa disposição que nos ajudam a obter uma melhor performance. A estrutura em cluster é uma dessas possibilidades.

O setor da Tecnologia da Informação (TI) tem tido um grande crescimento no Brasil: cada vez mais as empresas procuram investir em tecnologia a fim de aprimorarem os seus processos.

Segundo uma pesquisa da Advance Consulting, nos primeiros três meses de 2017, o setor apresentou um crescimento de 7,7% no nosso país em relação ao mesmo período do ano em 2016.

Esse aumento na busca por tecnologia não se dá em vão. A arquitetura de cluster, por exemplo, traz muitos benefícios para a sua gestão.

Vamos então entender o que é cluster e como o seu uso pode ser benéfico para a suaempresa?

O que é cluster?

Cluster é um termo que veio do inglês que, em português, significa "aglomerar" ou "aglomeração" e é comumente aplicado em vários contextos.

No contexto da computação, o termo cluster faz referência à arquitetura de sistema que une dois ou mais computadores como se fossem apenas um.

Esse tipo de sistema começou a ser utilizado em 1960, na IBM, a gigante de informática norte-americana.

O principal intuito sempre foi aumentar a eficiência dos processadores e os clusters continuam passando por renovações desde a sua criação para melhorar o seu desempenho.

Os computadores ficam integrados em um único sistema e atuam conjuntamente no processamento de dados e execução de tarefas mais complexas que exigem muitos processadores.

Em um cluster, cada computador interligado é denominado de "nó" ou "nodo" e não existe uma quantidade limite para o número de nós de um cluster.

Da mesma forma, não existe uma limitação para a configuração de hardwares. Essa falta de limitação possibilita o uso de diferentes máquinas sem que o sistema seja prejudicado.

Antes de entender sobre os benefícios que um cluster traz, vamos compreender melhor sobre os tipos de cluster que existem.

Tipos de cluster

Existem diferentes tipos de cluster que possuem diferentes finalidades e nós vamos destacar os principais para você.

  • Failover ou High Availability

O principal foco desse tipo de cluster consiste na manutenção da rede sempre ativa. Isso quer dizer que se busca manter a rede sempre online.

Ou seja, não importa o que aconteça com um nó, todo o sistema deve permanecer funcionando.

O que acontece nesse tipo de cluster é que quando um nodo sofre algum problema e fica fora do ar, imediatamente tem-se outro com as mesmas características e habilidades para realizar a substituição.

Desse modo, o sistema geral não fica fora de ar em hipótese alguma. Por isso, é muito utilizado em correios eletrônicos, por exemplo.

  • Load Balancing

O load balancing é uma estrutura de cluster completamente unida. Aqui, todos fazem o trabalho de um.

Todos os nodos são responsáveis pelas tarefas que estão sendo executadas. Eles unem os seus recursos disponíveis para realizar qualquer tarefa. Desde a mais simples até a mais complexa.

Caso algum computador falhe, ele é retirado do sistema de modo que as tarefas são redistribuídas entre os que permaneceram interligados entre si.

  • High Performance

Esses são os clusters de alto desempenho. O próprio nome já deixa claro a sua principal função: desempenhar em máxima performance.

Aqui, o foco consiste em proporcionar os resultados esperados em um tempo satisfatório mesmo que a tarefa seja complicada.

  • Processamento paralelo

O modelo de cluster de processamento paralelo é importante para processar grandes tarefas.

Através desse cluster é possível transformar uma tarefa complexa em várias outras mais simples que são distribuídas para os nodos.

Contudo, é importante destacar que não é preciso se prender a um tipo de cluster e utilizar somente ele.

É possível realizar a combinação desses modelos para melhor atender às necessidades da empresa.

Um caso de modelo combinado muito comum se dá quando a empresa precisa de um alto desempenho e de uma carga de processamento balanceada simultaneamente.

Nesse caso não é possível priorizar apenas o alto rendimento enquanto a estabilidade do sistema é prejudicada e por essa razão a combinação de clusters é feita.

Ainda, falando agora de como um cluster é montado, podemos dividir esse sistema em dois: virtuais ou físicos.

O cluster físico é completamente presencial, se dá no momento que você tem 2 Servidores trabalhando em conjunto. Assim um suprindo o outro da forma como for configurado como falamos acima.

O cluster virtual integra máquinas virtuais, que na verdade são computadores físicos conectados na rede, e é considerado muito dinâmico porque os nós podem ser adicionados ou retirados quando necessário.

Agora que já sabemos o que é cluster e quais tipos desse sistema existem, podemos focar nos benefícios que o cluster pode trazer!

Os benefícios que a estrutura em cluster pode trazer

Utilizar uma arquitetura de cluster traz muitas vantagens para você. Uma das mais importantes é a otimização da parte funcional.

É possível atingir um nível igual ou superior de processamento de máquinas complexas e de valor elevado com máquinas mais simples.

Como consequência, tem-se uma redução de custos, o que pode ser significativo para o seu negócio.

A configuração de um cluster é bem menos complexa que um supercomputador e pode trazer os mesmos resultados que ele.

Além disso, como os hardwares não precisam seguir um padrão, a reposição de peças, quando necessária, também é facilitada.

Isso porque não é preciso ter apenas um fornecedor quando algum problema surgir, visto que os hardwares podem ser diferentes entre si.

Outro ponto interessante é que a capacidade de um cluster pode ser potencializada com a adição de um nó e essa tarefa é bem simples e muito eficaz.

Também é possível utilizar um cluster para uma operação sofisticada ou até para algo mais simples, como um sistema doméstico.

Ademais, a combinação de modelos de cluster é um elemento muito positivo para a customização da aplicação do sistema.

Os clusters de processamento paralelo, um dos tipos que vimos, são muito utilizados na indústria cinematográfica.

Você sabia que o filme Titanic foi renderizado dentro dessa plataforma? Interessante, não é? Cluster é um tipo de estrutura amplamente utilizado por causa dos seus benefícios.

Utilizando um sistema em cluster você pode otimizar os processos da sua empresa e auxiliar na melhoria dos seus indicadores.

Fabio Teles

Fabio Teles

Faz parte da equipe de Gestão e Serviços na Desk Manager Software. Tem 10 anos de experiência com TI em suas mais variadas formas. Especialista em ITIL, CobIT, ITSM, Analise e Gestão de Insights

Leia Mais